Tempo.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011



















Como eu estou?
Muito bem eu acho pra quem está acordada a 27 horas, e cheia de coisa de faculdade pra deixar pronta, estudar e viajar. Só quando a gente passa 4 horas e meia num ônibus todos é que a gente se dá conta de quanto o tempo é valioso e do quanto ele passa rápido, se perde, escorre pelos dedos.
Nós somos tolos, penso eu, desperdiçamos o tempo em

brigas de trânsito, discutindo a relação, fazendo hora extra desnecessária, escrevendo em blogs [porque não?!], tomando café enquanto vira as noites fazendo todos os trabalhos pendentes de uma vez e esquecemos de aproveitar o tempo, maximizar os minutos e os momentos...
Quantas vezes eu perdi meia hora discutindo enquanto poderia estar tomando um bom café e olhando o por-do-sol. E outras tantas em que me atolei de serviço, meu e dos outros, ao invés de simplesmente fazer cada coisa a seu tempo e ter tempo de ler um livro qualquer dos que estão empoeirados na minha estante.
Engraçado, ou coincidentemente, no som Jessie J cantando 'Who you are' acaba de dizer: Don't lose who you are in the blur of the stars [Não perca quem você é no borrão das estrelas] e é bem assim, perdendo tempo acabamos por nos perder, nos afastamos de nós a cada minuto que deixamos o tempo fugir de nós. É fato.
As vezes eu penso que as esperas serão longas, mas ac
abei de entender que o problema não eh o quanto demora, este período é de maturação, e o essencial é usar o tempo da esperar pra construir, semear, cultivar. Seja paciência, esperança, amor. Não importa. O importante mesmo é deixar o tempo passar, sem passar inerte pelo tempo.

2 comentários:

  1. Alê disse...:

    Tempo ao tempo,


    E o tempo coloca tudo no lugar!

  1. As vezes eu penso que as esperas serão longas, mas ac
    abei de entender que o problema não eh o quanto demora, este período é de maturação, e o essencial é usar o tempo da esperar pra construir, semear, cultivar. Seja paciência, esperança, amor. Não importa. O importante mesmo é deixar o tempo passar, sem passar inerte pelo tempo.

    Ficou gravado no meu pensamento esse trecho...


    Te Amo!